Pular para o conteúdo principal

Destaques

Mestres do Bar Bebidas Eternas: A Fascinante Jornada pelos Clássicos da Mixologia

Tenho o prazer de compartilhar o lançamento do meu primeiro livro, 'Mestres do Bar - Bebidas Eternas', agora disponível na Amazon e no Clube de Autores. Nesta obra, mergulhei a fundo no fascinante mundo dos coquetéis oficiais da IBA. Se você ama curiosidades sobre drinks, este livro é para você! Confira e embarque nessa jornada emocionante pelas origens das bebidas eternas. Mestres do Bar Bebidas Eternas: A Fascinante Jornada pelos Clássicos da Mixologia Neste envolvente livro, embarque em uma jornada fascinante pelo mundo da coquetelaria, desvendando os segredos por trás dos coquetéis clássicos consagrados pela International Bartenders Association — IBA. Descubra as receitas únicas e as histórias que as tornaram lendárias, enquanto desvenda as técnicas empregadas pelos mestres da mixologia. Com base na prestigiada lista de clássicos da associação, esta obra é o guia definitivo para entusiastas de coquetéis e bartenders profissionais que desejam aprimorar suas habilidades. Prep

A História e Variações do Negroni: Da Criação em Florença as Releituras Contemporâneas

O Negroni é um famoso coquetel italiano que foi criado em Florença, na Itália, no início do século XX.
A história do Negroni remonta a 1919, quando um homem chamado Conde Camillo Negroni entrou no Bar Casoni, em Florença, e pediu um Americano, que é um coquetel feito com vermute, campari e água com gás. No entanto, o Conde Negroni queria algo mais forte, então pediu ao barman para substituir a água com gás por gin.





O barman, chamado Fosco Scarselli, atendeu ao pedido do Conde Negroni e acrescentou gin ao Americano, dando origem a um novo coquetel. Scarselli adicionou uma fatia de laranja para dar um toque cítrico e, assim, nasceu o Negroni.

O coquetel tornou-se tão popular que Scarselli abriu seu próprio bar, chamado Caffè Casoni.

Além disso, o Negroni tem uma forte associação com a Itália e a cultura italiana, e muitos bares e restaurantes italianos em todo o mundo oferecem o coquetel em seus menus.

O Negroni também tem um impacto significativo na indústria da coquetelaria e é um exemplo clássico de como um coquetel pode ser adaptado e reinventado ao longo do tempo. Desde a sua criação, o Negroni inspirou inúmeras variações e releituras, como o Negroni Bianco, que usa vermute branco no lugar do vermute doce, e o Negroni del Capo, que usa um licor de ervas italiano chamado Amaro del Capo em vez do Campari.
Em resumo, o Negroni é uma bebida clássica, elegante e sofisticada que tem uma história fascinante e uma forte presença na cultura popular. É um coquetel que continua a inspirar bartenders e amantes de coquetelaria em todo o mundo e certamente permanecerá uma escolha popular por muitos anos.

O Negroni é um coquetel simples, mas elegante, que consiste em partes iguais de gin, vermute doce e Campari. É servido em um copo baixo com gelo e uma fatia de laranja como enfeite. O coquetel é conhecido por seu sabor forte e amargo, que se equilibra com a doçura do vermute.

Existem diversas variações do Negroni que foram criadas ao longo do tempo por bartenders e entusiastas da coquetelaria. Aqui estão algumas das variações mais populares do Negroni:

Negroni Sbagliato: Esta variação do Negroni é feita com espumante no lugar do gin. A história por trás do coquetel diz que um barman acidentalmente usou espumante em vez de gin ao preparar um Negroni, dando origem ao Negroni Sbagliato, que em italiano significa "negroni errado".

Boulevardier: O Boulevardier é feito com uísque no lugar do gin. A receita original pede uísque bourbon, mas você também pode usar uísque de centeio para um sabor mais picante. O vermute doce e o Campari são mantidos na receita para manter a essência do coquetel.

Negroni Bianco: Esta variação do Negroni é feita com vermute branco no lugar do vermute doce. O vermute branco é mais leve e menos doce que o vermute doce, o que significa que o Negroni Bianco tem um sabor mais suave e menos amargo do que o Negroni tradicional.

Negroni del Capo: Esta variação do Negroni é feita com um licor italiano de ervas chamado Amaro del Capo no lugar do Campari. O Amaro del Capo tem um sabor amargo e herbal semelhante ao Campari, mas com notas de limão e hortelã.

Negroni
COQUETEL IBA , OS INESQUECÍVEIS


INGREDIENTES
30 ml de Gin
30 ml de Bitter Campari
30 ml de Vermute Vermelho Doce

Comentários

Postagens mais visitadas