Pular para o conteúdo principal

Destaques

Mestres do Bar Bebidas Eternas: A Fascinante Jornada pelos Clássicos da Mixologia

Tenho o prazer de compartilhar o lançamento do meu primeiro livro, 'Mestres do Bar - Bebidas Eternas', agora disponível na Amazon e no Clube de Autores. Nesta obra, mergulhei a fundo no fascinante mundo dos coquetéis oficiais da IBA. Se você ama curiosidades sobre drinks, este livro é para você! Confira e embarque nessa jornada emocionante pelas origens das bebidas eternas. Mestres do Bar Bebidas Eternas: A Fascinante Jornada pelos Clássicos da Mixologia Neste envolvente livro, embarque em uma jornada fascinante pelo mundo da coquetelaria, desvendando os segredos por trás dos coquetéis clássicos consagrados pela International Bartenders Association — IBA. Descubra as receitas únicas e as histórias que as tornaram lendárias, enquanto desvenda as técnicas empregadas pelos mestres da mixologia. Com base na prestigiada lista de clássicos da associação, esta obra é o guia definitivo para entusiastas de coquetéis e bartenders profissionais que desejam aprimorar suas habilidades. Prep

Jerry Thomas: O Pai da Coquetelaria Americana e Autor do Primeiro Livro de Receitas de Bar

Jerry Thomas é considerado o pai da coquetelaria americana, e por muitos o avô do flairbartending e também o autor do The Bartender’s Guide, provavelmente o primeiro livro de receitas de bar de todos os tempos. É por essas e outras que é reconhecido também como Jerry “The Professor” Thomas.


Nascido em outubro de 1830 em Nova Iorque, ficou conhecido pelo icônico coquetel Blue Blazer, que utiliza duas canecas de metal para despejar o whisky em chamas, aquecendo e diminuindo a presença alcoólica. Um ritual até hoje impressionante.


Outro legado importante de sua carreira foi publicar o The Bon Vivant’s Companion, livro de 1862 também conhecido como How to Mix Drinks. Fato é que esses livros tiveram papel importante no registro histórico dos hábitos da época, além de permitir que bartenders pudessem aprender e reproduzir outras receitas nos seus balcões.

Thomas aprendeu ainda jovem o ofício do bar em New Haven, no estado de Connecticut, e viajou por diversas partes dos EUA. Atravessou o oceano e foi parar na Europa. Por cada lugar que passava, ele trabalhava como barman coletando receitas e adquirindo cada vez mais conhecimento.

Thomas durante sua vida abriu diversos bares de grande sucesso, porém quando decidiu se aventurar no mercado financeiro de Wall Street, não teve êxito. Ele teve que vender seus bares e seus bens, como quadros que ele adorava colecionar, para pagar suas dívidas. Aos 51 anos ele ainda tentou abrir um novo bar, que não teve tanto sucesso quanto os outros, mas já tinha marcado seu nome na história.

Comentários

Postagens mais visitadas