Pular para o conteúdo principal

Destaques

Mestres do Bar Bebidas Eternas: A Fascinante Jornada pelos Clássicos da Mixologia

Tenho o prazer de compartilhar o lançamento do meu primeiro livro, 'Mestres do Bar - Bebidas Eternas', agora disponível na Amazon e no Clube de Autores. Nesta obra, mergulhei a fundo no fascinante mundo dos coquetéis oficiais da IBA. Se você ama curiosidades sobre drinks, este livro é para você! Confira e embarque nessa jornada emocionante pelas origens das bebidas eternas. Mestres do Bar Bebidas Eternas: A Fascinante Jornada pelos Clássicos da Mixologia Neste envolvente livro, embarque em uma jornada fascinante pelo mundo da coquetelaria, desvendando os segredos por trás dos coquetéis clássicos consagrados pela International Bartenders Association — IBA. Descubra as receitas únicas e as histórias que as tornaram lendárias, enquanto desvenda as técnicas empregadas pelos mestres da mixologia. Com base na prestigiada lista de clássicos da associação, esta obra é o guia definitivo para entusiastas de coquetéis e bartenders profissionais que desejam aprimorar suas habilidades. Prep

Moscow Mule: A História por trás do Coquetel e sua Adaptação com Espuma de Gengibre no Brasil



𝐌𝐨𝐬𝐜𝐨𝐰 𝐌𝐮𝐥𝐞: 𝐚 𝐡𝐢𝐬𝐭𝐨́𝐫𝐢𝐚 𝐩𝐨𝐫 𝐭𝐫𝐚́𝐬 𝐝𝐨 𝐜𝐨𝐪𝐮𝐞𝐭𝐞𝐥 𝐝𝐞 𝐬𝐮𝐜𝐞𝐬𝐬𝐨 𝐞 𝐬𝐮𝐚 𝐚𝐝𝐚𝐩𝐭𝐚𝐜̧𝐚̃𝐨 𝐜𝐨𝐦 𝐞𝐬𝐩𝐮𝐦𝐚 𝐝𝐞 𝐠𝐞𝐧𝐠𝐢𝐛𝐫𝐞 𝐧𝐨 𝐁𝐫𝐚𝐬𝐢𝐥.
A história do Moscow Mule começa nos Estados Unidos na década de 1940, quando a vodka ainda era uma bebida pouco conhecida e consumida no país. John Martin, um vendedor de cerveja que trabalhava para a empresa de bebidas Heublein, adquiriu os direitos de distribuição da vodka Smirnoff nos EUA.




No entanto, a bebida não era muito popular na época e Martin enfrentava dificuldades para vendê-la.
Em uma noite de 1941, Martin estava em um bar em Los Angeles chamado Chatham Club, tentando convencer o dono do bar a comprar Smirnoff quando ele conheceu o proprietário da empresa de cerveja de gengibre Cock 'n' Bull, Jack Morgan. Na época, Morgan estava procurando formas de aumentar as vendas de sua cerveja de gengibre, que também não era muito popular.

Martin e Morgan decidiram unir forças e criaram o Moscow Mule como uma forma de promover tanto a vodka Smirnoff quanto a cerveja de gengibre Cock 'n' Bull. Eles criaram uma campanha publicitária agressiva para promover o coquetel, que incluía apresentações de bartenders em todo o país. A campanha foi um sucesso e o Moscow Mule rapidamente se tornou um coquetel popular em bares e restaurantes em todo o país.

A escolha da caneca de cobre como o copo para servir o Moscow Mule também é parte da história do coquetel. Diz a lenda que a caneca foi escolhida porque Martin e Morgan tinham um grande estoque de canecas de cobre sobrando que eles haviam encomendado para um cliente que acabou desistindo do pedido. Eles decidiram usá-las para servir o Moscow Mule e o visual chamativo da caneca de cobre contribuiu para o sucesso do coquetel.

Embora a popularidade do Moscow Mule tenha diminuído em meados do século XX, o coquetel teve um ressurgimento de popularidade na década de 2000 e ainda é amplamente consumido hoje em dia.
A receita original do Moscow Mule leva vodka, cerveja de gengibre, suco de limão e pedras de gelo, e é servida em uma caneca de cobre, que ajuda a manter a bebida gelada por mais tempo. A cerveja de gengibre é o ingrediente chave do drink, pois é ela que dá o sabor picante e refrescante à mistura.

No entanto, no Brasil, a cerveja de gengibre não é tão fácil de encontrar como em outros países, o que levou o bartender Marcelo Serrano a adaptar a receita. Em vez de usar a cerveja de gengibre, ele substituiu por uma espuma de gengibre na finalização do drink. A espuma de gengibre é feita com água, açúcar, suco de limão e gengibre fresco ralado, que são batidos no liquidificador e coados. A espuma é então colocada sobre a vodka e o suco de limão, criando uma camada de sabor picante e refrescante.

A adaptação do Moscow Mule com espuma de gengibre fez sucesso no Brasil desde sua criação em 2009, tornando-se um dos drinks mais pedidos nos bares e restaurantes do país. A espuma de gengibre adiciona um toque diferente e único à receita, tornando-a ainda mais especial.

No entanto, é importante ressaltar que a receita original do Moscow Mule com cerveja de gengibre ainda é o padrão em todo o mundo. A adaptação com espuma de gengibre é uma variação interessante e saborosa, mas não substitui a receita original. É importante respeitar a história e a tradição da coquetelaria, valorizando e preservando as receitas clássicas que marcaram época.

Em resumo, a adaptação do Moscow Mule com espuma de gengibre no Brasil é uma prova da criatividade e habilidade dos bartenders brasileiros em adaptar receitas clássicas às condições locais. No entanto, é importante lembrar que a receita original deve ser sempre valorizada e respeitada como um patrimônio da coquetelaria mundial.

Moscow Mule
CLÁSSICOS CONTEMPORÂNEOS , COQUETEL IBA


INGREDIENTES
45 ml de vodca Smirnoff
120 ml de Ginger Beer
10 ml de suco de limão fresco

Comentários

Postagens mais visitadas